top of page
  • Foto do escritorValter Vinicius

TCC: Impacto Econômico Mundial da Implementação da 5° Geração de Telefonia Móvel Celular.

Atualizado: 3 de mar. de 2023

Discente: Tiago Moreira Carneiro Título: Impacto Econômico Decorrente da Implementação da Quinta Geração de Telefonia Móvel Celular.


O TCC desenvolvido pelo graduando Tiago Moreira Carneiro, no curso de engenharia Eletrônica e de Telecomunicações, pela UFU no campus Patos de Minas, apresentou a proposta de um estudo teórico sobre o impacto econômico decorrente da implementação do 5g no mundo, dentre estes dos custos de implementação desta tecnologia e o impacto da mesma na economia mundial. O formando apresentou esta proposta de maneira dividida no cenário mundial, abordando sobre a exposição de informações para regiões do mundo em que a tecnologia esteja mais desenvolvida ou em desenvolvimento.


No contexto mundial, acredita-se que a transição para o 5G, por parte dos usuários, será mais rápida do que foi a migração para o 4G, e que em aproximadamente 3 anos o número de usuários do 5G alcance o número de 1 bilhão de pessoas. Até 2025, metade das conexões móveis nos Estados Unidos serão 5G. Observe pela Figura 1 a situação deste desenvolvimento atualmente, sendo em azul escuro os países que já lançaram a rede 5G, em azul mais claro são os países que possuem a tecnologia desenvolvida e em verde, aqueles que estão investindo no 5G



Figura 1: Países onde a tecnologia e rede 5G foram desenvolvidas e onde investimentos estão sendo feitos

Em artigo publicado pela revista eletrônica americana GSMA Intelligence, as despesas de capital, termo internacionalmente conhecido como CAPEX e que representa investimento em bens de capital, representarão o maior volume de gasto para implantação do 5G. Presume ainda, que a grande parte das despesas de capital será para investimentos em áreas de baixa densidade populacional e de baixa receita por usuário. Veja pela Figura 2, um gráfico que representa o investimento feito pelos países que estão à frente na implementação do 5G.



Figura 2: Porcentagem de gasto por país


Ainda no contexto mundial, alguns serviços serão mais impactados com a inovação tecnológica proposta, a exemplo de hospitais que com equipamentos 5G viabilizarão atendimentos remotos aos pacientes e ambulâncias que se comunicarão com médicos em tempo real; carteiras digitais conectadas a relógios e carros; e indústrias dotadas de sensores como nunca, o que demonstra quão expressivo será o impacto do 5G na economia mundial. Demonstrando esse impacto ao PIB mundial, veja pelo gráfico da Figura 3, uma projeção até 2030 dividido por países.


Figura 3: Impacto no PIB por país até 2030


Enfatizando o estudo por áreas do globo em que a tecnologia esteja se desenvolvendo, ou já se desenvolveu, temos primeiramente os Estados Unidos da Ámerica em que a análise foi feita por duas empresas de consultoria no ano de 2021, sendo pela BCG, o desenvolvimento do 5G contribuirá para o PIB americano com um valor entre 1,4 e 1,7 trilhões de dólares até o ano de 2030, e criará de 3,8 a 4,6 milhões de empregos. Já pelo estudo feito pela ACCENTURE, a previsão é que o PIB americano aumente em 1,5 trilhão de dólares e gere 16 milhões de empregos no período de 2021 a 2025.


Quanto ao contexto europeu, a pesquisa foi realizada pela consultora de negócios, Omdia, através de um relatório para elucidar o impacto do 5G na economia, geração de emprego e emissão de gases de efeito estufa (GEE) na França, Espanha, Polônia, Bélgica e Romênia até o ano de 2030. Tal relatório concluiu que até o ano de 2030 o 5G contribuirá com a receita de 407 bilhões de euros (488 bilhões de dólares) em vendas capacitadas, a criação de 1,03 milhão de empregos e 33 milhões de toneladas de dióxido de carbono equivalente poderão ser evitadas. A partir deste relatório, o gráfico da Figura 4, foi elaborado para demonstrar o valor, em bilhões em euros, da receita de cada país em venda, e pela Figura 5, o número de empregos criados por país, relacionadas ao 5G até 2030.


​Figura 4: Vendas por país na Europa


Figura 5: Geração de emprego por países na Europa




Para o Reino Unido, o resultado previsto segundo essa pesquisa é que as saídas de processos inseridas na cadeia de valor do 5G gerem 76 bilhões de dólares no Reino Unido e seja responsável pela geração de 600 mil empregos até o ano de 2035. Para o contexto mundial os números são 3,5 trilhões de dólares e 22 milhões de empregos.


Através da empresa Tech4i2, o estudo concluiu que o desenvolvimento do 5G para a Suíça, tem o potencial de gerar 42,4 bilhões de franco-suíços como saídas da cadeia de valor. Esse resultado é esperado com a suposição que a Suíça alcance a taxa média global de implantação e de adoção das habilidades do 5G por parte dos cidadãos, empresas e governo. Pela Figura 6, é perceptível que o impacto é limitado nos primeiros anos de implantação e passa por uma ascensão rápida entre 2024 e 2030.



Figura 6: Capital gerado pelo 5G até 2030 em dólares


A robótica não fica de fora desta inovação, sendo aliás, uma das áreas que mais vai receber impactos da nova tecnologia. Os robôs de serviço vão se beneficiar da maior velocidade, poderão se conectar a vários dispositivos e sistemas ao mesmo tempo, tornando-os ainda mais eficientes em termos de serviço. Um robô cirurgião por exemplo, poderá ser mais preciso, uma vez que poderá enviar ao controlador imagens em 3D de alta resolução, facilitando a visão do médico, além de precisar de menor abertura para a cirurgia.


A implementação da tecnologia 5G para as novas aplicações promete trazer maior alcance social da robótica, uma vez que poderão ser produzidas e implementadas em maior escala. Com essa tecnologia em mãos, em maior escala e velocidade, vai propiciar o acesso à mesma por pequenos empreendedores e empresas que precisem automatizar processos internos, gerando mais tempo para focar em atividades mais complexas.

31 visualizações
bottom of page